quinta-feira, dezembro 04, 2003

Sonhos

Por que o caminho dos sonhos?
Saber mais a respeito de si mesmo. Querer saber quem são para poderem ser quem são. Experiência subjetiva ou Experiência Interior. Através dos sonhos alcança-se o universo interior. Os sonhos revelam uma profunda relação entre os nossos estudos interiores e exteriores. Uma vez decifrados os sonhos contêm informações importantes sobre a saúde física e mental do indivíduo. O psiquiatra suíço C.G. Jung foi um pioneiro na psique dos sonhos.

O que ele descobriu?
Que os sonhos procuram regular e equilibrar as nossas energias físicas e mentais. Eles não apenas revelam a causa básica da desarmonia interior e da angústia emocional, como também indicam o potencial de vida latente no indivíduo. Apresentam soluções criativas para os problemas diários e idéias inspiradas pelo potencia criativo de vida. Os sonhos nos mostram o que somos realmente. A solução está dentro de nós. Você a encontra em seus sonhos. Eles lhes trarão a resposta. Muitos respondem: "Mas eu não sonho..." Todos nós sonhamos 4 a 5 vezes por noite. Os sonhos sao como pontos que nos ligam a outras áreas de nós mesmos e não sabíamos de sua existência.

Quem é que engendra os sonhos?
Muita gente pensa que os sonhos expressam nossos próprios desejos ou nossos esquemas e traumas. Isso não é verdade. Uma parcela enorme dos nossos sonhos diz coisas que não queremos ouvir. Os sonhos se originam da própria luz. É um fenômeno natural que provém da mesma fonte que uma árvore ou um boi, vaca, pássaro, etc. Quem faz um passarinho cantar? Se você acredita em Deus, dirá: Deus faz o passarinho cantar. De qualquer forma é um poder desconhecido, força misteriosa que criou o boi, a vaca, etc.

Os sonhos possuem uma força superior uma sabedoria e uma perspicácia que nos orientam.
Eles nos mostram em que aspecto estamos enganados e nos alertam a respeito dos perigos, predizem eventos futuros. Aludem ao sentido mais profundo de nossas vidas e nos fornecem insigths reveladores. Veja o que acontece com artistas e cientistas. De onde vieram suas idéias???

A matriz que engendra os sonhos tem sido denominada de guia espiritual interior, ou centro da psique.
Alguns chamam esse centro de Deus, etc. Para um cristão: é cristo interior. Para um budista: é Buda. Temos uma inteligência superior que podemos chamar de guia interior ou centro divino que produz os sonhos cujo objetivo é tornar a vida do indivíduo a melhor possível.

Por que as pessoas não se lembram dos próprios sonhos?
Porque não prestam atenção! Os sonhos rareiam na velhice (após os 80 anos)mas eles reaparecem um pouco antes da morte.

Só uma elite se aprofundará nos sonhos?
Sim. É um assunto complexo e envolve formação profissional e habilidade profissional. O homem comum não pode simplesmente absorve-lo e domina-lo.
Dentre 20 sonhos ininteligíveis aparecem, de vez em quando, sonhos simples que qualquer um pode interpretar. O inconsciente, entre outras coisas, é um grande brincalhão, e às vezes ele fala direto. Ao anotar um sonho você pode logo entende-lo, sabe o que significa.

Em geral não se deve interpretar os próprios sonhos.
Os sonhos costumam tocar o nosso ponto cego. Eles nunca dizem o que já sabemos, mas o que não sabemos. Se a pessoa interpreta o próprio sonho tem a tendência de induzir no sonho aquilo que já sabe. A dificuldade de interpretar nossos próprios sonhos é que não podemos ver nossas próprias costas.
Se as mostrarmos para outra pessoa, esta poderá vê-las; nós não.

E-mail


<< Home